Texto Bíblico

Três dias depois, logo de manhã, Maria Madalena e outras mulheres foram até ao túmulo e repararam que alguém tinha tirado a pedra da entrada.

Quando entraram no túmulo, viram um anjo que lhes disse:

«Não tenham medo. Jesus ressuscitou! Vão e digam aos discípulos.»

 

Maria Madalena foi logo procurar Pedro e João, e disse:

«Alguém levou o corpo de Jesus!»

Pedro e João correram até ao túmulo. Quando lá chegaram, viram que estava vazio. Então, voltaram para casa.

Quando Maria voltou ao túmulo, viu dois anjos lá dentro. Depois, ela viu um homem e achou que fosse um jardineiro. Maria disse:

«Por favor, diga-me! Para onde é que levou o meu Senhor Jesus?»

O homem chamou Maria pelo nome. Foi aí que ela percebeu que era Jesus e abraçou-o. Jesus mandou-a contar aos discípulos o que tinha acontecido. Então, ela foi a correr dizer aos discípulos que tinha visto Jesus.

 

 

 

 

Depois de Jesus ter morrido, o seu corpo foi colocado num túmulo. Os guardas coloraram uma pedra gigante à frente da entrada do túmulo e mantiveram-se ali, diante do túmulo, para o proteger. Sabes porquê? Não era porque gostavam de Jesus. Os guardas estavam lá, porque queriam confirmar que ninguém ia ao túmulo roubar o corpo de Jesus.

Os guardas confirmaram que ninguém foi ao túmulo, mas o corpo de Jesus desapareceu sem deixar vestígios. Só ficaram os panos que cobriam o corpo de Jesus.

Mas as pessoas da época de Jesus não acreditaram na ressurreição de Jesus simplesmente porque o seu corpo desapareceu. Jesus ressuscitado apareceu pessoalmente às pessoas. Não apareceu só ao seu grupo de amigos (discípulos), apareceu a muitas outras pessoas.

 

 

 

 

Jesus ressuscitou e apareceu aos seus amigos, discípulos e a muitas outras pessoas. Foi preciso Jesus aparecer diante das pessoas, depois de ter morrido, para que acreditassem que Jesus tinha ressuscitado.

E tu? Acreditas em Jesus? Acreditas que Ele ressuscitou sem que O tenhas visto?

A fé é isso mesmo…acreditar sem ver. Acreditar com os olhos do coração. Podes não ver Jesus Ressuscitado, mas podes senti-l’O dentro de ti, dentro do teu coração.

Não sejas como as pessoas do tempo de Jesus. Não tenhas medo de acreditar. Ele existe, Ele ressuscitou e quer ressuscitar no teu coração. Queres que Jesus ressuscite no teu coração? Queres fortalecer a tua fé? Este é o momento ideal para isso.

Para isso, ajudo-te no desafio que se segue mais abaixo.

O desafio que se segue é muito simples. Só vais precisar de um recipiente com água (não precisa de ser muito grande) e de uma vela. O ideal seria que fosse a tua vela de Batismo para que possas professar e assumir a tua fé diante de Jesus.

Era importante que cumprisses este desafio na noite de Sábado, véspera do Domingo de Páscoa. Assim terá mais impacto, mas podes fazê-lo em qualquer altura da tua vida.

Seria importante fazeres esta oração com a tua família em casa e cada um com a sua vela de batismo.   

Reunidas as condições, segue os seguintes passos:

  • Acende a tua vela (batismo)
  • Faz a seguinte oração:

«Esta é aquela noite» em que o tempo e a eternidade deram as mãos, em que o desígnio do amor de Deus que excede todo o desejo e toda a expectativa humana se corporizou em salvação e História santa. Aquela noite é esta:

É a noite em que a Palavra do Criador das trevas acendeu a luz;

É a noite em que se condensa toda a História sagrada: o novo Povo é redimido de todas as escravidões e a ressurreição de Cristo inaugura o Dia do Senhor;

É a noite em que a Igreja encontra e reconhece o Ressuscitado na fra­ção do pão e no cálice da bênção;

É a noite em que o Corpo de Cristo, reves­tido com a sua túnica branca, cresce com novos membros;

É a noite que o Senhor celebra com os seus amigos no Reino dos céus e em que a Igreja, vencendo a noite com a Vigília, entra no Dia sem ocaso que o Senhor fez para nossa alegria.

As maravilhas de Deus não estão encerradas num passado fechado, mas renovam-se e dilatam-se nos Sacramentos da Igreja.

Pela água e pelo Espírito faremos a travessia do Mar Vermelho para a liberdade com que Cristo nos libertou.

Hoje, estimula a consciência da aliança que celebraste no dia do teu Batismo e, renova as promessas.

«Ó noite verdadeiramente ditosa!», mais luminosa que o dia, noite bendita, noite santíssima! Faz oração! Faz encontro com o Ressuscitado!

  • Agora vais introduzir o fundo da vela (acesa) no copo.
    • Do lado direito podes ver como se faz, mas cuidado para não te queimares.
  • Ao mesmo tempo que introduzes a vela dentro do recipiente

 faz a seguinte oração:

  • Desça sobre esta água, Senhor, por vosso Filho, a virtude do Espírito Santo, para que todos, sepultados com Cristo na sua morte

pelo batismo, com Ele ressuscitem para a vida.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho

que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amem.

  • Retiras a vela do recipiente, permaneces com a vela acesa e seguras a vela na tua mão. Depois fazes a seguinte oração, que se chama a renovação das promessas batismais:
    • Pelo mistério pascal, fui sepultado com Cristo no Batismo, para viver com Ele uma vida nova. Por isso, tendo terminado os exercícios da observância quaresmal, renovo as promessas do santo Batismo, pelas quais renuncio outrora a Satanás e às suas obras e prometo servir fielmente a Deus na Santa Igreja Católica.
    • Eu______ (diz o teu nome) renuncio a Satanás, a todas as suas obras e a todas as suas seduções.
    • Eu______(diz o teu nome), creio em Deus, Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra.
    • Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e está sentado à direita do Pai.
    • Creio no Espírito Santo, na santa Igreja católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna.
  • Depois, faz a seguinte oração:
    • Deus todo-poderoso, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo que nos fez renascer pela água e pelo Espírito Santo e nos perdoou todos os pecados, me guarde com a sua graça, em Jesus Cristo Nosso Senhor para a vida eterna.
  • Para terminar, molhas a ponta dos teus dedos na água do recipiente e benzeste:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amem.

 

 

 

 

 

 

 

Para Pintar

Para Recortar e Pintar

 

Fim

Chegamos assim ao fim… 

Quero-te agradecer, a ti, por teres aceite este desafio. O desafio de viveres o Tríduo Pascal em casa, sozinho ou com os teus. Quero-te agradecer por teres aceitado o desafio de caminhares com Jesus nestes dias, que são os dias mais importantes para todos nós que somos batizados em Jesus Cristo.

Obrigado por te dedicares e disponibilizares a este pequeno trabalho que te foi ocupando, quando podias estar a fazer muitas outras coisas. O obejetivo disto, não foi para te ocupar o tempo, mas sim, para te mostrar que mesmo em casa, podes estar com Jesus, podes viver com Jesus, podes sentir Jesus e podes fazer experiencias com Jesus. Podes, essencialmente, encontrares-te com Jesus em qualquer lado, basta quereres ir ao encontro d’Ele.

Espero que te encontres bem e espero que te sintas bem de saúde. Não desanimes neste tempo de quarentena. Não é fácil estarmos tanto tempo fechados em casa, mas é para um bem maior. É para o bem de ti e para o bem dos que te rodeiam. Em breve estamos todos juntos. “Vai ficar tudo bem” !

«Felizes os que acreditam sem terem visto!» Cristo Ressuscitou! Aleluia! Aleluia!

Com os melhores cumprimentos. Diác. César Pinto.

Para Brincar

Link: https://youtu.be/hUPN5KPqipY

Catequese Paroquial de Valongo

Rua Sousa Paupério, nº213

Apartado 170

4440-909 Valongo

Email: valongoparoquia@gmail.com

Contacto: 224 210 822; 925415520